Pedagogia Vivencionista


Marcelo Rodrigues

VivencionismoTendo como base a liberdade de escolha e a busca pela felicidade, a Pedagogia Vivencionista desenvolveu-se para permitir que a vida entre em sala de aula por todos os meios possíveis.

Conectando a escola ao mundo, ensina-se aos alunos através da vivencia real de problemas e empreendimentos reais o que implica em dar liberdade para o aluno criar, e deixar que ele descubra o que deve aprender para atingir suas metas.

A Pedagogia Vivencionista trabalha de acordo com o interesse das crianças,que escolhem o tema do projeto que vão desenvolver. O estudo deste tema, diferente do que muitos pensam, traz a abordagem de assuntos variados, abrindo portas para diferentes conteúdos pedagógicos.

Com essa pedagogia, através da qual a criança tem a liberdade de escolher seus caminhos, aprendendo a lidar não só com o planejamento de seu sucesso, mas também com suas dificuldades e frustrações, desenvolve-se um interesse pela aprendizagem. Tendo como base esse interesse, a liberdade e a motivação, a Pedagogia Vivencionista foi desenvolvida para que os alunos possam aprender não só para a vida, mas também através dela.

Muito mais do que ensinar somente conteúdos obrigatórios, essa abordagem visa a formação de pessoas que confiam em si mesmas e, assim, tornam-se aptas a conquistar seus sonhos na busca pela felicidade e pelo sucesso.

O PROFESSOR VIVENCIONISTA:

Na proposta vivencionista, quebramos um tabu gigantesco: o de que não há educação sem planejamento. O professor que trabalhe com essa pedagogia deve entrar em sala de aula somente com a vaga idéia do que fará baseado na atividade de conclusão decidida pelos alunos. No entanto, ele deve ter em mente que os caminhos podem mudar caso algum aluno tenha outra idéia e os outros resolvam segui-lo.

Para que o ensino possa acontecer assim, o professor deve ter claramente todos os seus objetivos na ponta da língua e, quando houver oportunidade, desenvolvê-los e aprofundá-los com as crianças.

É preciso que o professor tenha confiança na vida e perceba que o conhecimento humano surge de necessidades básicas e está presente na maioria dos obstáculos que terá de enfrentar com as crianças.

A PROPOSTA:

Para que os alunos possam estar presentes de corpo e alma (e não apenas o corpo) nas aulas, projetos, debates ou em qualquer atividade, a Pedagogia Vivencionista considera que tanto a motivação (o aluno precisa querer realizar a atividade) quanto o significado (o aluno precisa entender porque a atividade está sendo executada) são necessários.

Assim, a Pedagogia Vivencionista baseia-se no interesse das crianças pelo tema do projeto que elas escolheram. Em outras palavras, o professor não tem controle sobre o tema ou o que será desenvolvido durante o projeto.

Essa questão pode preocupar muitos professores. Mas, contrariamente ao que a maioria pode pensar, o conteúdo pedagógico pode ser ensinado não importa o que as crianças escolham para estudar.

Marcelo Rodrigues - contato@vivencionismo.com.br

Para maiores informações acesse o site: http://vivencionismo.com.br/

 

 

blog comments powered by Disqus