Bullying

6 causas internas de violência em escolas

BullyingQuando o vínculo afetivo entre a equipe docente, entre professores e gestores, professores e alunos, professores e famílias, entre a escola e a comunidade é fraco ou inexistente, não há confiança mútua suficiente para que as diferenças sejam expostas, discutidas e negociadas por meio do diálogo. O conflito que não se expressa no diálogo pode tornar-se confronto, com manifestações violentas. Não havendo confiança mútua entre as pessoas, não há como pedir ou oferecer apoio em situações de frustração e transformar conflito em oportunidade de superação.

No tempo do possível: notas sobre educação para a paz.

BullyingEste texto é o resultado de algumas reflexões sobre Educação para a Paz a partir da vivência do autor enquanto pesquisador autônomo interessado em estudar sobre modelos de auto-regulação de aprendizagem que construam a mudança de mentalidade educacional necessária a construção de um outro tempo humano, onde solidariedade, harmonia e paz encontrem efetivo espaço. Oriundas de um exercício educativo que pretende ser mediador de conflitos nos espaços e tempos onde humanamente podemos continuar a aprender, estas reflexões exigem o intercâmbio e a continuada discussão, desejo que aqui deixa expresso o seu autor. 

 


Luta pela Educação